Bovinos

  • Seguro Mapfre Pecuário
    Seguro Mapfre Pecuário (Bovinos)
    Cobertura Básica: Vida
     
    Abrangência
    O seguro tem por objetivo garantir o pagamento de uma indenização ao segurado ou beneficiário no caso de ocorrência de morte do animal identificado e descrito na apólice, em decorrência dos riscos cobertos.  Para efeito deste seguro, acidente é considerado evento externo, súbito, fortuito e violento, involuntário por parte do segurado, ou de seus prepostos, causador de lesões físicas que, por si e independentemente de qualquer outra causa, tenha como consequência direta a morte do animal segurado.
     
    O bem segurado é o animal destinado, exclusivamente, ao consumo, produção, cria, recria, engorda, trabalho por tração, ou animais destinados à reprodução por monta natural, coleta de sêmen ou transferência de embriões, exclusivamente com a finalidade de incremento ou melhoria de plantéis próprios de animais de produção. O seguro não se aplica a: animais de elite: animais destinados ao lazer ou à participação de provas/torneios esportivos; Animais domésticos; e Animais utilizados exclusivamente para coleta de sêmen (doadores) e transferência de embriões (doadoras). O segurado poderá indicar na proposta de seguro o beneficiário e os respectivos percentuais de indenização do seguro. Na falta de indicação o beneficiário será o próprio segurado.
     
    Garantia
     - Cobertura Básica – Vida (para Bovinos).
    O seguro garante indenização equivalente ao Limite Máximo de Indenização de cada animal segurado contratado para a mesma, em caso de sua morte durante a vigência do seguro, decorrente de: doença de caráter não epidêmico; acidente; incêndio, raio, insolação e eletrocussão; envenenamento, intoxicação e ingestão de corpo estranho, desde que de forma acidental; asfixia por sufocamento ou submersão; luta e ataque ou mordedura de animais; parto ou aborto (exceto para fêmeas doadoras de embriões e durante o 1º (primeiro) ano de vigência do seguro em processo de premunição); inoculações vacinais e outras medidas de ordem profilática, necessárias à salvaguarda do animal.
     
    Vigência
    O início e o término de vigência do seguro ocorrerão às 24 horas das datas indicadas na apólice.
    Se a propostas não for acompanhada de pagamento de prêmio, o início de vigência da cobertura deverá coincidir com a data de aceitação da proposta, ou com data distinta, desde que acordado entre as partes. Neste caso, não haverá cobertura até a data da aceitação da proposta.
    Se a proposta for acompanhada com adiantamento de valor para futuro pagamento parcial ou total do prêmio, o início de vigência ocorrerá a partir da data de recepção da proposta pela seguradora.
     
    Limites da garantia
     - Limite Máximo de Indenização (LMI)
    O LMI para cada cobertura contratada representa o limite máximo de responsabilidade da seguradora. Estão cobertos pela Seguradora, até o LMI: as despesas de salvamento comprovadamente efetuadas pelo Segurado durante e/ou após a ocorrência de um sinistro; os valores referentes aos danos materiais comprovadamente causados pelo Segurado e/ou por terceiros na tentativa de evitar o sinistro, minorar o dano ou salvar a coisa. Em caso de sinistro a indenização estará limitada ao valor do animal segurado, em data imediatamente anterior a sua ocorrência.
     - Carência
    O período de carência (período durante o qual as coberturas contratadas não se aplicam ao bem segurado) para este seguro depende da espécie do animal.
     - A carência inicia-se na data de protocolo da proposta na seguradora e perdura por: 21 dias, para morte causada por qualquer doença coberta pelo seguro; e 7 dias, para morte causada por os demais motivos cobertos pelo seguro (exceto doenças).
    - Para animais nascidos durante o seguro, a carência inicia-se a partir de 183 dias após o nascimento do animal.
     - Franquia Dedutível
    . Na ocorrência de um ou mais sinistros de perda parcial por risco coberto, no cálculo da apuração da indenização, será descontada a franquia dedutível, conforme o percentual ou valor estabelecido na apólice, fixada sobre o LMI. A franquia é única e válida para toda a vigência da apólice, não importando o número de sinistros ocorridos durante a mesma. Em caso de sinistro indenizável, a seguradora será responsável somente pelo valor da indenização que ultrapassar o valor da franquia.
     - Participação Obrigatória do Segurado – POS
     O segurado participará de parte dos prejuízos de cada sinistro parcial ou total coberto, sendo aplicado sobre a indenização o percentual ou valor da POS.
     
    Obrigações do segurado
    Vacinar todos os animais de sua propriedade, segurados ou não, contra doenças que constituem focos de endemia na região, bem como adotar medidas sanitárias e de profilaxia contra essas doenças; Comunicar imediatamente e por escrito à seguradora as informações solicitadas, relacionadas ao animal segurado; Comunicar imediatamente e por escrito à seguradora a ocorrência de epidemia ou de qualquer doença na região onde estejam localizados os animais segurados; Conservar em bom estado as cercas, cocheiras e lugares frequentados pelos animais segurados; Comunicar imediatamente à seguradora a morte do animal segurado, em tempo que permita a regular a averiguação das circunstâncias e das causas do fato lesivo anunciado; Prestar, quaisquer que sejam as circunstâncias, o cuidado e a atenção indispensáveis contra os perigos que ameacem a integridade dos animais, procurando, por todos os meios, manter a sua integridade física; Proporcionar o tratamento e assistência médico-veterinária, indispensáveis à manutenção da saúde e à cura dos animais, ainda que estes se tornem incapazes para a função a que se destinavam; Isolar os animais enfermos ou acidentados;
     
    Sinistro
    O segurador deve comunicar imediatamente à seguradora, por meio de Aviso de Sinistro formal ou fonado (telefone 0800-775-1000), qualquer evento que possa vir a se caracterizar como um sinistro, indenizável ou não, contendo todas as informações que permitam caracterizar os prejuízos ocorridos, e deverá tomar todas as providências que estiverem ao seu alcance, a fim de minorar as consequências do evento. Deve, também, comunicar imediatamente à seguradora qualquer acidente, doença ou alteração que ponha em risco a vida do animal segurado, em tempo que permita a averiguação das suas causas e circunstância. Para o sacrifício de animais, solicitar autorização, por escrito, através de relatório elaborado pelo médico veterinário responsável pelo animal, à seguradora que, caso entenda como necessário, encaminhará a um veterinário credenciado para analisar a necessidade do mesmo, sendo que, manifestará sua decisão no prazo máximo de 5 dias corridos.
     
    O segurado deve, ainda, na ocorrência de sinistro: convocar médico veterinário para realização de exame/laudo de necropsia, com levantamento fotográfico; coletar material biológico para exames complementares, tais como: bacteriológico, histopatológico, toxicológico e virológico, que sejam necessários para averiguação da “causa mortis” do animal segurado, caso solicitado pela seguradora; não se desfazer do corpo do animal, até a vistoria ou autorização expressa da seguradora; conservar todos os indícios e vestígios deixados no local do evento, enquanto for necessário para constatação e apuração pela seguradora.
     
    O segurado deverá apresentar à seguradora os seguintes documentos básicos necessários para liquidação do sinistro: comunicado de ocorrência de sinistro preenchido; atestado de óbito/laudo de necropsia assinado e datado por médico veterinário com CRMV vigente, com fotografias, descrevendo a causa da morte, inclusive com a indicação dos tratamentos efetuados; resultado de exames complementares, caso solicitados pela seguradora; nota fiscal de vacina e comprovante da data de vacinação, para sinistros ocorridos por qualquer das seguintes doenças:  doenças infectocontagiosas, quando da não vacinação do animal segurado: no caso de bovinos: botulismo, tuberculose, carbúnculo hemático e sintomático, clostridiose, raiva, tétano, brucelose, hemoglobunúria bacilar, leptospirose, IBR (Rinoqueite infecciosa bovina)/BVD (Diarréia viral bovina) e ceratoconjutivite.
    Deverá apresentar ainda: declaração de outros seguros que existam sobre o animal; cópia do RG do segurado; cópia do CPF / CNPJ do segurado; e cópia do comprovante de endereço do segurado. 
    Só será aceito como documento válido para efeito de cobertura de seguro o atestado de óbito/laudo de necropsia realizado em até 7 dias após a ocorrência do sinistro (morte do animal segurado.
     
    Salvados - A seguradora poderá providenciar a imediata venda ou aproveitamento da carne, do couro e demais partes do animal morto ou eutanasiado. Poderá ainda autorizar o segurado a providenciar a imediata venda ou aproveitamento da carne, do couro e demais partes do animal, morto ou eutanasiado, quando a “causa-mortis” não o tornar imprestável ou inutilizado para consumo doméstico ou industrial. Ao não se utilizar desta autorização, o segurado responderá pelos prejuízos daí decorrentes, sendo deduzido da indenização devida o que for estimado como valor das partes a serem aproveitadas. Em nenhuma hipótese será lícito ao segurado abandonar o animal sinistrado com o fim de
    desobrigar-se das estipulações destas cláusulas.
     
    Indenizações
    A indenização será devida quando valor da franquia (em número de animais ou valor em reais), quando houver, for ultrapassado pelo número de animais mortos ou seu valor. Os prejuízos de cada sinistro serão assim calculados:
    Se não houver franquia, os prejuízos serão calculados pela fórmula: Prejuízo = número de animais x valor de cada animal (R$).
    Caso haja franquia e esta esteja definida em número de animais mortos, os prejuízos serão calculados pela fórmula: Prejuízo = número de animais – valor da franquia x valor de cada animal (R$).
    Caso haja a franquia e esta esteja definida como valor em reais (R$), os prejuízos serão calculados pela fórmula: Prejuízo = número de animais x valor de cada animal (R$) – valor da franquia.
    Calculado o prejuízo, será deduzida a Participação Obrigatória: POS = % POS x Prejuízo
    Calculados Prejuízo e POS, será calculada a indenização devida ao segurado: Indenização: Prejuízo – POS
     
    Condições Gerais e/ou Especiais do seguro
    Esta é uma descrição resumida do seguro. O texto integral das Condições Gerais e/ou Especiais da apólice (Seguro Pecuário, versão 1.2, da MAPFRE VERA CRUZ Seguradora S.A.), que regulam direitos e obrigações do segurado e da seguradora, incluindo bens, riscos, circunstâncias ou eventos não segurados, serão enviadas aos proponentes no momento da contratação do seguro.  
    Solicite Formulário de Cotação