Café

  • Seguro Mapfre Cafezal
     
    Seguro Mapfre Cafezal
    Cobertura Básica: Vida da Planta (Granizo ou Granizo e Geada)
    Coberturas Adicionais: Tratamento Fitossanitário, Perda de Produção Futura.
     
    Garantia
    O seguro garante indenização ao cafeicultor no caso da ocorrência de risco coberto por quaisquer das coberturas contratadas, até o valor do respectivo Limite Máximo de Indenização, sendo obrigatória a contratação de uma das coberturas básicas.
     
    - Cobertura Básica Vida da Planta – Granizo: indenização de parte do custo de produção (valor pré-definido) de cada cova atingida por Granizo, cujas plantas, em sua totalidade, requeiram arranquio ou um dos tipos de poda (exceto decote).
     
    - Cobertura Básica Vida da Planta – Granizo/Geada: indenização de parte do custo de produção (valor pré-definido), de cada cova atingida por Granizo/Geada, cujas plantas, em sua totalidade, requeiram arranquio ou um dos tipos de poda (exceto decote).
     
    - Cobertura Adicional Perda de Produção Futura: indenização dos prejuízos causados à plantação segurada que provoquem atraso de produção no ano agrícola subsequente, em função da ocorrência de um dos eventos cobertos e indenizados pela cobertura básica contratada. O valor a indenizar corresponderá à parte do custo de produção (valor pré-definido de gastos normais com fertilizantes e defensivos e outras operações da lavoura, exceto os custos de colheita), considerando que os mesmos continuarão a ser suportados pelo produtor. A necessidade da realização de poda e a definição do tipo de poda seguirão o que for definido para a cobertura básica contratada.
     
    - Adicional Tratamento Fitossanitário: antecipar e custear parte dos gastos com a aplicação de fungicida para tratamento fitossanitário de cada cova atingida por Granizo, cujas plantas, em sua totalidade, requeiram apenas decote.  Esta cobertura é válida uma só vez durante a vigência da apólice e seu valor será descontado de indenização devida pela Cobertura Básica.
     
    Caso uma área sinistrada seja indenizada por esta cobertura, o valor será descontado da indenização da Cobertura Básica quando: a) houver um novo evento coberto pela Cobertura Básica na mesma área sinistrada em que se decida, segurado e seguradora em conjunto, pela realização de poda (exceto decote); e/ou b) o segurado, em conjunto com a seguradora, decida pela realização de poda (exceto decote) posteriormente, mesmo sem ocorrência de novo evento de sinistro.
     
    A definição do tipo de poda necessária à recuperação ou melhoramento do potencial vegetativo e
    produtivo das plantas será feita durante a inspeção de danos da seguradora, a saber: Arranquio - retirada total das plantas mortas do solo; Esqueletamento/palitamento – desgalhamento lateral da planta, deixando-se o tronco ou haste principal com os ramos laterais apenas com 30 a 50cm de comprimento; e Recepa – corte da planta a uma altura de aproximada de 40cm ou 60 cm do solo: Decote baixo - corte da planta a uma altura média entre 1,2 e 1,8m acima do solo; e Decote – corte da planta a uma altura acima 1,70m do solo.
     
    Haverá Participação Obrigatória do Segurado (POS) nas indenizações devidas pelas ocorrências dos riscos abrangidos pelas coberturas Básica Vida da Planta Granizo, Básica Vida da Planta Granizo/Geada e de Perda de Produção Futura, no valor ou percentual indicado na apólice.
     
    O produtor poderá transferir seu direito a indenizações a agentes financiadores ou empresas de insumos.
     
    Vigência e Carência
    O início e o término de vigência da apólice ocorrerão às 24 horas das datas nela indicadas.  
    O período de carência para este seguro será contado a partir do início de vigência do seguro, sendo:
    Para o evento climático Granizo, 6 dias e para o evento climático Geada, 15 dias.
     
    Limites da garantia
    O Limite Máximo de Indenização - LMI representa o valor máximo a ser pago pela seguradora na ocorrência de determinado evento ou série de eventos durante a vigência da apólice, sendo:
     
    LMI da Cobertura Básica de Vida da Planta = Valor da cova (custo médio de implantação e manutenção anual de uma cova de café, em R$/cova) x Nº de covas existentes na propriedade.
     
    LMI da Cobertura Adicional de Perda de Produção Futura = LMI Vida da Planta x Fator % (pré-definido pela seguradora no ato da contratação do seguro, que será o mesmo percentual utilizado para cálculo de indenização).
     
    LMI da Cobertura Adicional de Tratamento Fitossanitário = Área plantada (h) x Valor do tratamento (Valor pré-definido como ajuda de custo para tratamento fitossanitário, expresso em reais por hectare).
     
    Sinistro
    O segurado deve avisar à seguradora, de imediato, qualquer evento que possa vir a se caracterizar como sinistro indenizável ou não, com informações sobre a natureza e montante dos prejuízos ocorridos, e tomar as providências ao seu alcance, para minorar as consequências do evento.
    A seguradora enviará, em até 10 dias úteis após o Aviso de Sinistro, um perito ao local sinistrado para a confirmação do evento, realização da vistoria e regulação de sinistro. Poderão ser realizadas, 2 vistorias de sinistro:
     
    Vistoria Preliminar (constatação de evento) - Verificação inicial dos efeitos do evento sobre o bem segurado. O vistoriador verificará a intensidade e possível efeito do Granizo e/ou Geada sobre o bem segurado e elaborará o laudo preliminar de inspeção de danos.
    Vistoria Final (regulação) - Determinação do percentual de perda ocasionado ao bem segurado em função do evento previamente constatado, sendo na data de sua realização emitido laudo final de danos. A regulação do sinistro será efetuada de acordo com as características de cada cobertura.
     
    Para a cobertura Básica de Vida da Planta é obrigatória a realização das podas definidas nas vistorias da seguradora. Caso o segurado não as realize, o pagamento do sinistro ficará suspenso até que as mesmas sejam realizadas. O prazo máximo para a realização da poda é de 30 dias após a finalização da colheita do ciclo agrícola segurado. Se ocorrer novo sinistro antes de terem sido efetuadas as podas determinadas, por opção do segurado, o valor a ser indenizado será reduzido na mesma proporção.
     
    Prejuízos
    Para o cálculo dos prejuízos, a seguradora utilizará os seguintes elementos dos Laudos de Inspeção de Danos: área total da plantação segurada e área sinistrada; croqui da localização dos talhões com a área existente e a Área sinistrada; número de pés de café ou covas atingidas pelos eventos, quantificados e separado por ano de plantio, evento ocorrido e tipo de poda a ser realizada; estádio de desenvolvimento da cultura na data do sinistro; produção antes ou durante a colheita, quando for o caso; levantamento dos gastos efetivamente despendidos com a cultura, e o valor das despesas previstas e não efetuadas até a data do sinistro, constantes do orçamento de custeio e ou manutenção.
    Correrão por conta da seguradora, até o LMI de cada cobertura as despesas de salvamento efetuadas pelo segurado durante e ou após a ocorrência de sinistro; e os valores referentes a danos materiais causados pelo segurado e/ou terceiros na tentativa de evitar o sinistro, minorar o dano ou salvar a coisa.  Os sinistros ocorridos somente serão apreciados pela seguradora quando forem mantidas intactas as áreas/covas atingidas pelo evento.
     
    Indenização
    Indenização da cobertura Básica Vida da Planta= [(Valor da cova do talhão sinistrado, em R$/ha  x  Nº de covas podadas x % Tipo de Poda conforme a tabela acima) x (1 - % POS)] – Indenização anterior por Tratamento Fitossanitário, no mesmo ciclo agrícola e para a mesma área.
     
     
     
    Evento ocorrido
     
     
    Idade da cultura
    (em anos)
    Percentual de indenização aplicável aos prejuízos de cada cova (com base no tipo de poda) - POS
    Arranquio
     
    Recepa
     
    Esqueletamento ou decote baixo Decote
     
    Granizo Inferior ou igual a 2 100% 50% - -
    Granizo Superior a 2 100% 75% 50% -
    Geada Inferior ou igual a 2 100% 50% - -
    Geada Superior a 2 100% 75% 50% -
    Granizo e Geada Inferior ou igual a 2 100% 50% - -
    Granizo e Geada Superior a 2 100% 75% 50% -
     Pés de café que sofrerem poda de recepa em anos anteriores terão suas idades contadas a partir da data da realização desta mesma recepa.
     
    Indenização da cobertura Perda de Produção Futura = [(Valor da cova do talhão sinistrado, em R$/ha x Nº de covas podadas x % Tipo de Poda, conforme a tabela acima) x (1 - % POS)] x Fator (%) constante na proposta de seguro (pré-definido pela Seguradora no ato da contratação do seguro), sendo este o mesmo percentual utilizado para definição do LMI desta cobertura adicional.
     
    Indenização da cobertura Tratamento Fitossanitário = Área sinistrada (Área atingida exclusivamente por granizo e que não necessite de realização de poda, exceto decote), em ha. x Valor do Tratamento (Valor pré-definido como ajuda de custo para tratamento fitossanitário, em R$/ha)
    A área sinistrada será indenizada uma única vez por esta cobertura.
     
    Condições Gerais e/ou Especiais do seguro
    Esta é uma descrição resumida do seguro. O texto integral das Condições Gerais e/ou Especiais da apólice, (Cafezal v2.6, Processo SUSEP nº 15414.001815/2006-15, da MAPFRE VERA CRUZ Seguradora S.A.) que regulam direitos e obrigações do segurado e da seguradora, incluindo bens, riscos, circunstâncias ou eventos não segurados serão enviadas ao produtor quando da contratação do seguro.  
    Solicite Formulário de Cotação