Florestas

  • Seguro Mapfre Florestas
    Seguro Mapfre Florestas
    Cobertura Básica: Incêndio e Raio
    Coberturas Adicionais: Fenômenos Meteorológicos (diversos); Queda de Aeronaves e Ventos Fortes.
     
    Classificação de Floresta por Categoria
    Floresta segurável é a totalidade da área da floresta plantada ou replantada que seja de propriedade ou de responsabilidade do segurado. As florestas são classificadas em “Categorias”, de acordo com a área dos talhões e aceiros internos e externos, e em “Clima”, de acordo com o respectivo local.
    A - Área de até 25 ha ou com subdivisões internas de até 25 há, separadas entre si por aceiros internos de no mínimo 10 m de largura e, das áreas circunvizinhas, por aceiros externo.
    B - Área de mais de 25 ha e até 50 ha ou com área com subdivisões internas de mais de 25 ha e até 50 ha, separadas entre si por aceiros internos de no mínimo 10 m de largura e, das áreas circunvizinhas, por aceiros externos de no mínimo 20 m de largura.
    C – Área de mais de 50 ha, sem subdivisões internas ou com subdivisões de mais de 50 ha, e sem aceiros de separação das áreas circunvizinhas ou com aceiros de largura inferior a 20 m.
     
    Distâncias mínimas para separar talhões: Internos, 10m e Externos, 20m. Atendidas às distâncias mínimas, são válidos os cursos d’água perenes, as estradas particulares e as estradas de ferro ou de rodagem pública.
     
    Floresta por Clima
    Am - Temperaturas elevadas e pluviosidade elevada. As médias de temperatura são maiores que 22°C em todos os meses e as mínimas, no mês mais frio do ano, são maiores que 20°C.
    Aw - Temperaturas elevadas com chuva no verão e seca no inverno. As médias de temperatura dos meses são maiores que 20°C e, no mês mais frio do ano, as mínimas são menores que 18°C.
    Aw´ - Temperatura elevada com chuva no verão e no outono. Temperatura sempre maior que 20°C.
    Cwa  - Temperaturas moderadas com verão quente e chuvoso. No mês mais frio do ano, a média de temperatura é menor que 20°C.
    Cfa - Temperatura moderada com chuvas bem distribuídas e verão quente. Nos meses de inverno, há ocorrência de geadas, sendo a média de temperatura nesse período inferior a 16°C. No mês mais quente do ano, as temperaturas máximas são maiores que 30°C.
    Af - Temperatura elevada sem estação seca. Temperaturas sempre maiores que 20°C. As Chuvas de inverno e outono com temperaturas elevadas, sempre maiores que 20°C.
    BSh - Temperaturas altas com chuvas escassas no inverno. Temperaturas maiores que 22°C.
    Cwb - Verão brando e chuvoso com temperatura moderada. Há geadas no inverno e as médias de temperatura no inverno e no outono são inferiores a 18°C, com temperaturas mínimas inferiores a 12°C.
    Cfb - Temperatura moderada com chuva bem distribuída e verão brando. Podem ocorrer geadas tanto no inverno como no outono. As médias de temperatura são inferiores a 20°C, exceto no verão. No inverno, a temperatura média é inferior a 14°C, com mínimas inferiores a 8°C.
     
    Garantia e Vigência
    A Cobertura Básica do seguro garante ao silvicultor indenização no valor correspondente aos prejuízos causados por danos materiais à floresta segurada em consequência de incêndio e raio.
     
    Podem ser opcionalmente contratadas Coberturas Adicionais, para garantir indenizações de prejuízos decorrentes dos seguintes riscos: Fenômenos Meteorológicos (chuva excessiva, geada, granizo, seca, e tromba d’água); Queda de Aeronaves (queda ou choque de aeronaves, queda ou choque de objetos caído de aeronaves); e Ventos Fortes.
    Afora as exclusões comuns a seguros de danos, não estarão cobertos os seguintes riscos: toda e qualquer ocorrência de doenças; toda e qualquer ocorrência de infestação generalizada de ervas daninhas, pragas, formigas ou cupins; incêndio resultante de queimadas propositadas para limpeza de terreno pelo Segurado; e implantação e condução de floresta em desacordo com as recomendações técnicas dos órgãos florestais oficiais, bem como do projeto técnico de manejo florestal elaborado por profissional habilitado; negligência, má condução ou abandono da floresta; desentulho.
     
    O produtor poderá transferir seu direito às indenizações para agentes financiadores e empresas que comercializam insumos.
     
    O início e o término de vigência do seguro ocorrerão às 24 horas das respectivas datas indicadas na apólice. Para proposta de seguro não acompanhada de pagamento de prêmio, o início de vigência será a data da aceitação da seguradora. Para proposta acompanhada de pagamento integral ou parcial do prêmio, o início de vigência será a data da recepção pela seguradora.
     
    Limites da garantia
    O valor máximo indenizável pela seguradora por floresta é o Limite Máximo de Garantia da apólice (LMG). 
    O valor máximo garantido em cada cobertura é o Limite Máximo de Indenização (LMI), que será fixado pelo silvicultor para cada Cobertura Adicional em até 100% do LMI da Cobertura Básica.
     
    Na composição do LMI podem ser consideradas despesas de custeio (implantação e manutenção) e excluídas despesas de infraestrutura, tais como construção de estradas, caminhos, drenos e outras não relacionadas diretamente com o plantio. As despesas de salvamento efetuadas pelo segurado durante e/ou após a ocorrência de um sinistro, bem como os valores referentes aos danos materiais causados pelo segurado e/ou por terceiros na tentativa de evitar o sinistro, minorar o dano ou salvar a coisa, estarão incluídos no LMI.
    O LM I para as florestas provenientes de brotações de árvores cortadas será constituído das despesas necessárias ao desbaste e manutenção. Poderão ser incluídas despesas diretas de custeio com a extração de resina ou látex.
     
    Não haverá indenização de prejuízos até o valor da Franquia informada na apólice, exceto no caso de perda total de cada talhão. Nos prejuízos acima do valor da Franquia, o segurado participará com o percentual mencionado na apólice a título de Participação Obrigatória do Segurado (POS).
     
    Sinistros
    Na ocorrência de qualquer evento que venha a se caracterizar como sinistro, o produtor deverá avisar o fato à seguradora imediatamente. Deve empregar todos os meios ao seu alcance para minorar as consequências do sinistro e para proteger a floresta ou evitar agravação de prejuízos.
    A seguradora agendará com o gestor da floresta segurada a vistoria ao local sinistrado, ocasião em que serão constatados a ocorrência e o nível de danos provocados aos bens sinistrados.
    Após a apuração do total do prejuízo de cada talhão, será calculada a indenização devida, segundo os critérios a seguir.
     
    Indenização da Cobertura Básica
    O valor da indenização de prejuízos cobertos pela Cobertura Básica (Incêndio e raio) será calculado pela fórmula:
    Percentual das Perdas calculadas pelo perito multiplicado pelo Valor por hectare (de acordo com idade, gênero e classificação da floresta) e pela Área Segurada, deduzida a POS.
    Do valor apurado por esta fórmula será deduzida a Franquia, no caso de perda parcial do talhão sinistrado.
    No caso de floresta em formação ou quando o valor comercial da floresta formada for inferior ao valor das despesas necessárias ao replantio, o LMI será considerado pelo valor deste custeio, descontada a POS.
    A área replantada cujos danos já tenham sido indenizados não terá a cobertura do seguro.
    Em qualquer caso, independente do valor dos prejuízos, a indenização não poderá ultrapassar o Limite Máximo de Indenização da Cobertura e o Limite Máximo de Garantia da Apólice.
     
    Indenização da Cobertura de Ventos Fortes
    A regulação dos sinistros de Ventos Fortes será realizada pelos seguintes critérios:
     - Será feita a distinção entre plantações jovens sujeitas a recuperação e aquelas cuja recuperação seja tecnicamente inviável devido a seu tamanho. Será considerada a quantidade de árvores que, conforme o esquema de manejo, estiverem de pé no momento do sinistro em cada quadra.
     - Para calcular a perda será utilizado o critério da diminuição do valor presente líquido (VPL) do projeto florestal em função do sinistro. Será aplicada uma taxa de juros entre 6% e 10% em contrapartida à taxa de desconto que o segurado utilize para suas projeções econômicas.
     - Com base nos critérios anteriores, será calculado economicamente qual deve ser o número de árvores por hectare para a determinação do prejuízo.
    Em qualquer caso, independente do valor dos prejuízos, a indenização não poderá ultrapassar o Limite Máximo de Indenização da Cobertura e o Limite Máximo de Garantia da Apólice.
     
    Indenização de outras coberturas
    O valor da indenização relativa aos riscos cobertos pelas coberturas adicionais de Fenômenos Meteorológicos e de Queda de Aeronaves corresponderá ao resultado da fórmula abaixo:
    Percentual de Perda multiplicado pelo Valor por hectare  e pela Área Segurada, deduzida a POS.
    Para ambas as coberturas, o valor da indenização será fixado de acordo com idade, gênero e classe das árvores. A área replantada cujos danos já tenham sido indenizados não terá a cobertura deste seguro.
     
    Em qualquer caso, independente do valor dos prejuízos, a indenização não poderá ultrapassar o Limite Máximo de Indenização da Cobertura e o Limite Máximo de Garantia da apólice.
     
    Condições Gerais e/ou Especiais do seguro
    Esta é uma descrição resumida do seguro. O texto integral das Condições Gerais e/ou Especiais da apólice (Seguro de Florestas (versão 2.4) - Processo SUSEP Nº 15414.005270/2005-35, da MAPFRE VERA CRUZ Seguradora S.A.), que regulam direitos e obrigações do segurado e da seguradora, incluindo bens, riscos, circunstâncias ou eventos não segurados, serão enviadas aos proponentes no momento da contratação do seguro.  
    Solicite Formulário de Cotação